01.jpg

Paiva deu entrevista ao jornal Diário do Vale sobre o PAC de Mobilidade Urbana.

 

Mobilidade urbana: Projeto de Volta Redonda entra em fase decisiva


     O vice-prefeito Carlos Roberto Paiva (PT) afirmou que a Prefeitura de Volta Redonda apresentou, dentro do prazo, os documentos necessários à obtenção de financiamento público para a inclusão da cidade no PAC da Mobilidade Urbana. Segundo ele, a capacidade de pagamento da prefeitura já passou pela análise da Caixa, que enviou a documentação ao Tesouro Nacional, que tem a palavra final sobre o financiamento.

     - A previsão é que os projetos do PAC de Mobilidade Urbana de todo o Brasil, inclusive o de Volta Redonda, sejam assinados em outubro. A fase agora é de análise pelo Tesouro Nacional, de onde virá o dinheiro - disse o vice-prefeito.

     Volta Redonda deve receber, em 30 meses a partir da assinatura dos contratos referentes ao PAC da Mobilidade Urbana na cidade, diversas obras destinadas a melhorar a circulação de veículos na cidade, abrangendo também a reforma do sistema de transporte coletivo e a implantação de ciclovias. A base para o projeto - que inclui cerca de R$ 60 milhões em investimentos, provenientes de empréstimos do governo federal - é o Plano Diretor de Volta Redonda.

     O objetivo é melhorar a interligação entre os principais locais de concentração de comércio e serviços - Vila Santa Cecília, Centro (incluindo a região da Avenida Amaral Peixoto e Rua São João), Aterrado e Retiro - e os demais bairros, para facilitar os deslocamentos.

As obras

    De acordo com o vice-prefeito Carlos Roberto Paiva (PT), que, junto com o presidente da Superintendência de Serviços Rodoviários (Suser) Paulo Barenco, é o responsável pela condução do PAC da Mobilidade Urbana na cidade, as principais obras que serão executadas dentro desse projeto devem ficar prontas em cerca de dois anos e meio após sua contratação.

     A primeira delas é um elevado que vai sair da Avenida Geraldo di Biase - mais conhecida como Avenida do Canal - , passando sobre o Rio Paraíba do Sul e o Aeroclube e se conectando com a Radial Leste, ao lado do Kartódromo. Essa obra, que vai ser completada com a revitalização da Avenida do Canal, tem como objetivo criar um acesso direto à Radial Leste, evitando que quem vem de outras áreas da cidade tenha que passar pelo Aterrado para atingir a via.

     Outra obra será uma alça do viaduto Heitor Leite Franco - que vem da Rodovia dos Metalúrgicos e Colina, passando sobre a via férrea - saindo na Avenida Integração. Essa obra dará um acesso mais direto ao Aterrado e também permitirá que quem vem do Heitor Leite Franco tenha um acesso direto ao elevado da Avenida do Canal e à Radial Leste.

     Será construído também um viaduto que vai sair do Jardim Amália II até a Avenida Integração, evitando que um grande número de veículos precise passar pela Avenida Amaral Peixoto ou pelo viaduto que liga o Santo Agostinho à BR 393 para chegar ao Aterrado.

    A quarta obra destacada no projeto de mobilidade urbana é um elevado que vai eliminar a rotatória hoje existente no entroncamento entre a Radial Leste e o início da Avenida Sávio Gama, no bairro Niterói.

Bilhete único e BRS

     Dentro do projeto do PAC da Mobilidade Urbana, está a implantação do bilhete único na cidade. A licitação sai ainda em 2013 e trará modificações na distribuição atual das linhas de ônibus urbanos.

     Um sistema com 18 quilômetros de pistas exclusivas para ônibus - o Bus Rapid System (BRS) - será implantado na interligação dos quatro locais que formam o Arco de Centralidade de Volta Redonda (Vila Santa Cecília, Centro, Aterrado e Retiro).

Ciclovias

    O projeto inclui a criação de 18 quilômetros de ciclovias, circundando toda a CSN e abrangendo as áreas do Arco da Centralidade. O objetivo é resgatar esse meio de transporte, que já foi o mais utilizado na cidade.

Fonte: Jornal Diário do Vale – Edição do dia 11 de setembro de 2013.

 

 

 

 

 

 

 

Vice-Prefeitura de Volta Redonda
Av Paulo de Frontin, 590 - 15 andar - Ed. Plaza - Aterrado - Volta Redonda | CEP: 27213 270 
Tel: (24) 3339-2150 | Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.